Avançar para o conteúdo principal

Entre Amigos


Já ando para falar neste espaço há muito tempo e por questões várias ainda não o tinha feito. Ora aqui vai. O Entre Amigos é o restaurante da minha irmã, Luisa Freitas, e conta com 4 anos de vida. Talvez por ser o restaurante da minha irmã pode parecer que estou a ser tendenciosa, mas, meus queridos, nada como lá ir comprovar se estou certa ou errada.

Luisa Freitas 

Esteve fechado, como todos os restaurantes nestes tempos que passaram. Contudo, nada acontece por acaso e acho, muito sinceramente, que serviu de reflexão para uma ementa mais variada, diversa e deliciosa. E sim, está a respeitar todas as normas de segurança e higiene previstos na lei.

O menu foi pensado para agradar a todos. Como diz a Luisa: até os mais “esquisitos” vão acabar a refeição muito satisfeitos. Também não deixa de fora os vegetarianos, nem os que gostam muito de carne e de peixe, nem os que gostam de tudo para si e aqueles que gostam de partilhar. E sabem que mais? É tudo bom!😋

Eu tenho os meus preferidos, como o salmão braseado (agridoce), o falafel, a espada com maracujá, a triologia de húmus, o ceviche de cogumelos e manga e, talvez, todos os outros pratos.
Salmão Agridoce 
 
Triologia de húmus

 Falafel
 Não sou muito de doces mas o brownie de chocolate e o tiramisú são divinais.

Tiramisu
Para além do menu “a la Carte”, durante os dias da semana, ao almoço, pode optar pelo “prato do dia”.

O espaço tem uma vista soberba sobre o Funchal e espaço para estacionar não lhe falta.

A minha irmã é uma cozinheira de mão cheia e tem a Maria e a Virgília, a seu lado, que não lhe ficam atrás. Nas mesas, a Susana e o Carlos não deixam que nada vos falte.

Voltando a me repetir, o melhor mesmo é irem comprovar pessoalmente.

O Entre Amigos fica na Rua do Curaçau, na Nazaré.
Aberto neste horário:
SEG a QUI - 10h as 20h
SEX e SAB - 10h as 22h

Podem fazer a vossa reserva para o número: 933 210 456

Ou acompanhar o Entre Amigos no
Intagram: @restaurante_entreamigos
Facebook: facebook.com/restauranteea

Ah! E caso façam festas de aniversário, encomendem o bolo no restaurante. Não se vão arrepender😉

Deixo-vos aqui algumas fotografias dos pratos. Espero que tenham ficado curiosos e que façam uma visita ao Entre Amigos.
Salada de melancia
Chips de batata-doce com molho de alho
Ceviche de cogumelos e manga
Mongolian Beef
Quesadillas de Frango
Salada de laranja e beterraba assada
Beijos e boa semana!
Mafalda 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bodião no forno e a empreitada para deixar de comer peixe

O bodião é um peixe que se encontra facilmente na Madeira pois o seu habitat preferencial é  junto á costa em toda a orla rochosa, em locais com muitas algas e também dentro dos portos. A sua cor varia entre o vermelho e o castanho sendo que identifica se é fêmea ou macho, respetivamente. A sua carne é muito branca e densa e é dos peixes que mais gosto. Tem um sabor muito próprio que me leva à minha herança gastronómica. Em qualquer restaurante de peixe há bodião. Normalmente é feito grelhado ou então em filetes fritos. A minha opção de fazer no forno foi por ser mais rápido e também por gostar muito de peixe assado. E vá… porque queria testar esta receita :D Pré-aquecer o forno a 200º. Comecei por fazer o tempero do peixe: Numa trituradora juntei: -6 tomates secos - 2 dentes de alho - 1 pitada de sal - uma mão cheia de mistura de especiarias - duas mãos cheias de manjericão fresco - azeite e vinagre Tudo triturado até ficar uma pasta. Coloquei os peixes num tab

Papas de aveia no forno com frutos vermelhos e o dia do Obrigado!

Umas das resoluções que fiz para o ano de 2018 é fazer com que os meus filhos sejam mais “fáceis” de contentar saindo dos pequenos-almoços tradicionais com cereais e pão. Eu esforço-me acreditem. Tento sempre fazer com que a comida mais saudável saiba bem porque sei muito bem que comer só por comer não adianta de muito e não muda hábitos. Já tinha tentado as papas de aveia com banana e canela , mas não correu nada bem. Como disse na altura, não vou desistir e vou continuar a dar o melhor de mim. As papas de aveia no forno são uma boa opção para mim, porque as faço na véspera e depois guardadas em local fresco aguentam pelo menos uns 3/4 dias. Vi esta receita no blogue do Casal Mistério e pareceu-me muito bem para uma nova tentativa de papas de aveia. Ingredientes Secos - 2 chávenas de flocos de aveia; - 1 colher de chá de fermento; - 1 colher de chá de canela (eu devo ter posto mais); - 1 pitada de sal; - 1 colher de sopa de açúcar de coco Ingredientes líquidos

Picado ou Picadinho

É só escolher qual o nome que querem dar a este petisco típico da minha terra – a bela e formosa ilha da Madeira. Curiosamente os pratos típicos da região, tirando a Espada e o Atum, são à base de carne. Não somos produtores mas é uma presença na nossa gastronomia. Exemplo disso é a Espetada a Carne de Vinho e Alhos, o Picado e os deliciosos grelhados (sobretudo de galinha, costeletas de porco e bifes). O Picado é ideal para um jantar em família ou entre amigos. Numa travessa pequena, média ou grande, colocada no meio da mesa serve de mote para por a conversa em dia enquanto se “pica” à vontade. Os mais gulosos muitas vezes têm de levar com um “já chega” que isto é para todos. Hehehehe A receita típica varia sendo que a mais consensual é colocar no molho sopa de rabo de boi. Eu não o faço por questões de gosto pessoal. Como faço o meu picado: - Carne de vaca da boa e tenra cortada aos cubos temperada com sal, alho e louro; - Numa frigideira bem quente com um fio de azeite e