Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2018

Muitos vegetais com bolinhas de salchicha fresca

Este é um prato nutritivo, colorido, delicioso e que se faz em 20 minutos, “sujando” apenas uma bandeja. Tudo o que vamos precisar, para além dos ingredientes, é de um forno, uma bandeja, papel vegetal e uma faca.

Parece-vos bem? Então já vos digo como se faz.

Para um tabuleiro que serve 6 pessoas são precisos:

- 4 pimentos vermelhos
- 6 cebolas roxas ou brancas ou mistura das duas
- 400 gr de tomate cereja
- 300 gr de salchichas frescas
- azeite
- orégãos
- sal e pimenta

Opcional mas que faz diferença:

- azeitonas pretas
- pickles
- especiaria garam masala
- salsa

Como fiz!

Quando comecei a preparar o tabuleiro, liguei o forno a 200º para que fosse aquecendo.

Forrei o tabuleiro que ia levar ao forno com uma folha de papel vegetal.
Coloquei os pimentos partidos grosseiramente e limpos das sementes, as cebolas em meia lua.

Entretanto tirei a pele às salchichas frescas e fiz bolinhas. O tamanho das bolinhas fica ao vosso critério mas, eu de uma fiz três.



Antes de colocar as bolinhas em…

Mafalda Freitas - Madeira Viva (Ep.13)

Chegou o verão, o bom tempo, os convívios ficam mais intensos e a vontade de fazer uma refeição ao ar livre é ainda maior. Veja esta bandeja de sugestões onde inclui: camarão marinado com alho, lima e malagueta, tomate braseado, figos assados e frescos, salada de rúcula, meloa e presento, queijo de cabra assado com mel e nozes.

Espero que gostem!

Mafalda

https://www.youtube.com/watch?v=U7s7LAQTdDw 

Maçaroca: um ícone da ceia de São João!

Tal como a sardinha está para o Santo António, a maçaroca está para o São João. Aqui na Madeira come-se atum salpresado com feijão, pimpinelas (chuchu), batatas e, claro, a maçaroca. Tirando o atum, que é cozido à parte – e a maçaroca também devia ser (e depois vão perceber porquê) –, todos os outros ingredientes são cozinhados com casca e servidos assim mesmo.

A ceia é comida na véspera do dia 24, logo, amanhã é dia de festejar o São João. Este ano será na casa dos meus pais!

Mas quero-vos falar da maçaroca ou milho doce ou milho amarelo. Aqui na ilha é mais tradicional a maçaroca branca ou o milho branco, mas vou ser sincera, não gosto tanto: é mais seco e tem menos sabor (na minha opinião).

Nesta altura do ano a maçaroca está no ponto e nem imaginam como é fácil cozinhá-la!

Vamos por partes:

Quando compramos a maçaroca é importante ver se os grãos estão amarelos e viçosos. Ao abrir um pouco as folhas consegue-se perceber se estão boas. 
Não comprem se os grãos estiverem murchos e…

Um smoothie para receber o maior dia do ano

Chega amanhã, 21 de junho, às 11:07, hora de Portugal! É o dia mais longo do ano com 14 horas, 18 minutos e 4 segundos de horas de sol. Na verdade e, segundo informações Observatório Astronómico de Lisboa, o Verão chega hoje à Madeira.

“Como o dia (período de tempo em que o sol está no horizonte) mais longo do ano corresponde ao início do Verão, na Madeira o solstício da estação mais quente acontece já hoje, com o disco solar a nascer às 07h00 e pôr-se-á às 21h18. Segundo os astrónomos, hoje o dia no Funchal terá 14h18mins e 4s. Exactamente a mesma duração solar prevista para amanhã, dia 21. Estes dois dias repartem assim o estatuto de solstício de Verão, com apenas 1 segundo a mais do tempo solar estimado para sexta-feira, dia 22.

A chegada mais cedo do solstício à Madeira deve-se à nossa posição ‘no mapa’, também com implicações nas restantes estações do ano”.
In: http://www.dnoticias.pt/impressa/hemeroteca/diario-de-noticias/verao-chega-ja-hoje-XE3305819
E nada melhor que receber e…

Experiência Bio Valverde

Preparem tudo, organizem a vossa agenda porque dia 21 de julho vai ser BioExpetacular!

E vai ser tão bom! O desafio foi lançado pela Nádia Brazão, nutricionista, no Plano D, ao qual eu e a Quinta Biológica Valverde (Micaela e Leandro) nos juntamos.

Não será apenas uma workshop de culinária, ou uma aula de nutrição ou uma oportunidade de conhecer e contactar melhor com os produtos produzidos pela Quinta Biológica Vale Verde. Será uma mistura de todos estes ingredientes, sem pressas e com muita dedicação a fazer deste dia uma verdadeira experiência para quem nos quiser acompanhar.

Para não estar a repetir o que tão bem foi dito, vejam a apresentação do evento feita pela Nádia no seu Nutrição em Blogue.

Lá contém todas as informações mas deixo aqui para vos facilitar:

Será no dia 21 de Julho de 2018 e para se inscreverem, basta clicarem aqui:
https://goo.gl/forms/KDMe4LBVKzjhQjOI2
ou se precisarem de mais informações podem ligar para a recepção do Plano D [291 234 273 ou 96 946 03 52 ]

E…

A minha seleção para ver a seleção… Força Portugal!

Hoje, dia 15 de junho, às 19h00, a seleção Portuguesa de Futebol entra em campo. O jogo promete ser intenso com a seleção espanhola envolta em polémicas mas nem por isso debilitada. Os espanholitos são tramados.

A verdade é que nós também somos e carregamos, com muito orgulho, o título de campeões europeus.

Ora pois bem, quando começar o jogo vamos estar todos em frente ao ecrã a torcer pelos nossos rapazes, mas como bons portugueses que somos, não podemos passar sem nada para comer nem beber.

Eu, no meu serviço público de vos facilitar a vida, hehehehe, reuni uma lista de petiscos para que na hora do jogo não seja preciso andar para dentro e para fora. Dá para preparar com antecedência e na hora do jogo é só desfrutar e gritar golo bem alto e de preferência muitas vezes.

Vamos lá então!

Salada de Polvo


Tremoços fritos e a pasta de feijão branco com especiarias. Fica também uma sugestão para usar as tortilhas de uma forma diferente - estaladiças.
Poppadoms
Bruschettas

Húmus com cebolinho

13 calorias por 100 gramas – Iupiiiii!

Tenho de arranjar maneira de incluir sons nos títulos para expressar todo o meu contentamento. É de uma grande felicidade saber que alimentos de que gosto muito fazem bem à saúde e são tão pobres em calorias.
De que falo? Alguém sabe? Algum palpite?

Claro que estas perguntas são um exercício de retórica porque já viram a foto. 😀

Apresento-vos a couve pak choi também conhecida como couve branca chinesa, acelga chinesa, bok choi ou bok choy.

A couve pak choi tem baixo calor calórico, 13 calorias por 100g (crua e sem adição de temperos). Tem muitos benefícios e é uma excelente fonte de vitaminas e minerais, desde vitamina A, vitamina B-6, vitamina C, vitamina K, ácido fólico, betacaroteno, cálcio, cobre, colina, ferro, fósforo, magnésio, manganês, selénio, sódio e zinco.
Além disso, nesta mesma quantidade (100gr), estão 89% da vitamina A e 75% da vitamina C que precisamos consumir diariamente. É praticamente uma boa fonte de nutrientes para todo o nosso organismo.

Podem pesquisar no G…

39… é muita fruta

E muito champanhe e balões e confetes e banda e fogo-de-artifício e todo esse banzé digno de mais uma volta ao sol.

Menos, muito menos. Já fui bastante mais festeira do que sou hoje e, muito sinceramente, basta-me saber de saúde que já fico genuinamente feliz.

Começo este ano com a perfeita noção que tenho muito mais para agradecer do que reclamar e este sentimento tem vindo a ser reforçado ao longo do tempo.

Para uns sou velha para outros sou nova mas para mim é o que é e se cá cheguei só pode ser bom.
Tenho muito que me orgulhar: desde os meus filhos, ao meu trabalho, a este blogue e a todo o esforço e dedicação que deposito em todas estas tarefas.

Tento sempre fazer o bem, ser correta e cordial. Acredito que tudo isto venha em retorno: recebemos o que damos.

Em forma de desejo(s) e por esta ordem de importância:
- saúde
- amor (bom e verdadeiro)
- dinheiro no bolso (que dá sempre jeito)

Que nunca me falte:
- imaginação e motivação para continuar a cozinhar
- imaginação e motivação…

Arroz de peixe e camarão no âmbito da Economia Circular

Este prato pode parecer um luxo porque levou camarão mas, mesmo assim, se fizer as contas não deve ter passado de 2 euros por porção (já a contar com água e luz).

Ora bem meus caros, a vida não está para brincadeiras. Nem a nível económico nem a nível de recursos naturais. Esta semana, celebrou-se o dia mundial do meio ambiente (5 de junho) e muito se falou no desperdício, na utilização excessiva de recursos, dos plásticos, da quantidade de lixo que produzimos e dum conceito que me era desconhecido, mas que é o novo paradigma: a Economia Circular.

A economia circular, dentro das nossas casas, passa por reaproveitar tudo o que temos dando bom uso a todos os recursos.
Numa escala global “é um conceito estratégico que assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. Substituindo o conceito de fim-de-vida da economia linear, por novos fluxos circulares de reutilização, restauração e renovação, num processo integrado, a economia circular é vista como um …