Avançar para o conteúdo principal

Por a comida na mesa | Sopas e refeições ligeiras

Vamos continuar na programação das refeições da semana desta vez com as sopas e as refeições ligeiras. Aqui já se começa a misturar o almoço e/ou o jantar ou parte deles.

A organização e planeamento vão funcionar de forma muito eficaz para conseguirmos ter as refeições prontas a tempo e horas. A azáfama diária, as multitarefas com os filhos, ou mesmo com uma vida profissional agitada tiram-nos a energia necessária para termos ideias fantásticas quando chega a hora de cozinhar. Assim sendo, se tivermos tudo à mão fica, sem dívida nenhuma, muito mais fácil.

Vamos começar então com as sopas.

São nutritivas, alimentam, ajudam a saciar e se prontas bastam uns minutos para as aquecer. Eu costumo fazer a sopa para dois dias de refeições para não me cansar daquele sabor e fazer com que o comer a sopa não seja um castigo. A semana toda a mesma sopa é capaz de cansar, concordam?
Na minha casa o puré é o mais consensual, mas se preferirem não triturar é uma mais-valia. A mastigação ajuda no processo de saciedade. Podem também por optar por triturar uma parte e acrescentar, por exemplo o agrião, ou os espinafres e ficam com mais uma opção.

Receitas:

Creme de abóbora amarela com cenoura cor de laranja

 http://www.mafabulouscook.pt/2018/01/creme-de-abobora-amarela-com-cenoura.html

Gaspacho Ibérico

http://www.mafabulouscook.pt/2017/11/gaspacho-iberico.html

Creme de curgetes e couve-flor 

Puré de abacate e lima

Creme de cenoura com curgete e manjericão


Caldinho de noodles e cogumelos

https://www.instagram.com/p/BOkjrsbjX5U/?taken-by=mafabulouscook


Creme de couve-flor com beterraba, a sopa Juliana e uma sopa de tomate e cebola

https://www.youtube.com/watch?v=FwSm5yoQq8Q&t=80s

Refeições ligeiras

Aqui na Madeira e nas regiões fora de Lisboa torna-se mais fácil ir almoçar a casa. Este tipo de refeição pode ser útil para levar para o trabalho ou então para os almoços em casa onde o tempo está contado.

Associadas a um prato de sopa as refeições ligeiras fazem uma boa e composta refeição.

Receitas:

Arroz integral salteado com muita cor
http://www.mafabulouscook.pt/2018/02/arroz-integral-salteado-com-muita-cor.html

Pode ser com arroz de outra qualidade. É uma ótima forma de aproveitar sobras de arroz dando um toque diferente e tornando-o numa refeição completa.

Húmus com cebolinho
http://www.mafabulouscook.pt/2018/01/humus-com-cebolinho.html

Ótimo e prático e pode-se levar como marmita de forma segura, ou seja, não transborda se bem acomodado e tapado. Aconselho a comer com tiras de cenoura ou outro vegetal que gostem de comer cru. Se preferirem, barrem o húmus numas bolachas “salgadas” ou mesmo em fatias de pão.

Vegetais assados

Podem-se fazer fornadas de vegetais assados. Versatilidade é a palavra de ordem. Conservam-se bem no frio e com um bife ou filete de carne ou peixe têm uma refeição saborosa. Vejam estas duas versões.
http://www.mafabulouscook.pt/2017/11/da-horta-para-mesa-passando-pelo-forno.html
http://www.mafabulouscook.pt/2018/03/ainda-se-lembra-do-azeite-de-hortela.html

Noodles com curgete, tomate cereja e salsa

http://www.mafabulouscook.pt/2018/01/5-minutos-com-3-ingredientes.html
Os noodles tal como o cuscuz são ingredientes fantásticos para ter em casa. Fazem refeições rápidas e saborosas.

Noodles com salmão e tomate

Cuscuz com frango

Cuscuz com gambas

Cuscuz: opção vegetariana, outra com proteína animal e ainda uma outra sugestão surpresa.
 https://www.youtube.com/watch?v=SLAHAj-OX1w&t=8s


Queijo Frito

Não é lá muito light mas é lá muito bom!
http://www.mafabulouscook.pt/2017/12/queijo-frito.html

Antes de terminar vou repetir o que disse quando falei do pequeno-almoço:

 “As sugestões aqui apresentadas são para serem usadas na dose certa. Não vão cozinhar coisas que não gostam, nem muito menos traçarem um plano rígido que não haja espaço para um desejo do dia ou mesmo uma refeição no vosso restaurante preferido. Cozinhar, estar na cozinha, comer, é um prazer e se assim o for tudo será mais fluído.

Outras sugestões:

- As doses de fruta, vegetais e ervas entram com destaque na vossa lista de compras. Pode-se dar atenção às promoções e também aos produtos de época.

- As especiarias como os orégãos secos, a paprica fumada, o colorau, o louro, caril, cominhos, entre outros ajudam a dar outro “toque” aos vossos pratos.

- Os frutos secos podem ser usados à vossa vontade tal como as sementes.
- Ter a despensa bem recheada (ver o artigo da despensa).

- Procurem cozinhar com mais quantidade na refeição que têm mais tempo disponível. Assim ficam com almoço ou jantar já pronto para a próxima refeição.

- Não tem mal nenhum comer comida aquecida. A minha dica é ter sempre alguma coisa feita na hora, por exemplo, uma salada.

- Guardar a comida, mesmo que seja só uma batata pode ajudar na refeição seguinte. E no dia que tiverem muitas sobras fazem uma refeição disso mesmo.

Releiam:

Como organizar a sua semana: De 30 a 120 minutos
e
Planeamento feito, vamos partir para a organização dadespensa para terem uma semana mais tranquila.
e
Despensa arrumada vamos tratar dos frescos 
e
Por a comida na mesa | pequeno-almoço 

Bons cozinhados!
Mafalda

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bodião no forno e a empreitada para deixar de comer peixe

O bodião é um peixe que se encontra facilmente na Madeira pois o seu habitat preferencial é  junto á costa em toda a orla rochosa, em locais com muitas algas e também dentro dos portos. A sua cor varia entre o vermelho e o castanho sendo que identifica se é fêmea ou macho, respetivamente.

A sua carne é muito branca e densa e é dos peixes que mais gosto. Tem um sabor muito próprio que me leva à minha herança gastronómica. Em qualquer restaurante de peixe há bodião. Normalmente é feito grelhado ou então em filetes fritos.

A minha opção de fazer no forno foi por ser mais rápido e também por gostar muito de peixe assado. E vá… porque queria testar esta receita :D
Pré-aquecer o forno a 200º.

Comecei por fazer o tempero do peixe:
Numa trituradora juntei:
-6 tomates secos
- 2 dentes de alho
- 1 pitada de sal
- uma mão cheia de mistura de especiarias
- duas mãos cheias de manjericão fresco
- azeite e vinagre
Tudo triturado até ficar uma pasta.

Coloquei os peixes num tabuleiro de ir ao forno …

Peitos de Frango com manteiga de amendoim

A receita é do grande Jamie Oliver, a execução é minha. E este post vai abordar várias temáticas. Aconselha-se uma cadeira confortável, um chá quente e muita paciência, mas vai valer a pena. Confiem 😃

Se calhar falo primeiro de como se faz e depois do resto. O que acham? Acho que ouvi um sim desse lado. Então aqui vai:

Pré-aquecer o forno a 190º na função grelhador.

Ingredientes:
- três peitos de frango
- um limão
- duas colheres de sopa de manteiga de amendoim
- um dente de alho
- malagueta a gosto
- água
- sal
- pimenta
-azeite

Preparação:

Comecei por golpear os peitos de frango e temperei com sal, pimenta, raspas de limão e azeite. Reservei.

Para o molho misturei duas colheres de sopa de manteiga de amendoim, com sumo de meio limão, um alho ralado e um pouco de água.

A água serve para deslaçar o molho que tem de ficar com uma consistência mais cremosa, diria tipo iogurte.
A receita dizia para usar uma frigideira que depois fosse ao forno. Como não tenho usei um tabuleiro de ir ao…

Picado ou Picadinho

É só escolher qual o nome que querem dar a este petisco típico da minha terra – a bela e formosa ilha da Madeira.
Curiosamente os pratos típicos da região, tirando a Espada e o Atum, são à base de carne. Não somos produtores mas é uma presença na nossa gastronomia. Exemplo disso é a Espetada a Carne de Vinho e Alhos, o Picado e os deliciosos grelhados (sobretudo de galinha, costeletas de porco e bifes).

O Picado é ideal para um jantar em família ou entre amigos. Numa travessa pequena, média ou grande, colocada no meio da mesa serve de mote para por a conversa em dia enquanto se “pica” à vontade. Os mais gulosos muitas vezes têm de levar com um “já chega” que isto é para todos. Hehehehe
A receita típica varia sendo que a mais consensual é colocar no molho sopa de rabo de boi. Eu não o faço por questões de gosto pessoal.

Como faço o meu picado:
- Carne de vaca da boa e tenra cortada aos cubos temperada com sal, alho e louro;
- Numa frigideira bem quente com um fio de azeite e fritar at…