Avançar para o conteúdo principal

As Viagens dos Vs, a Vera, o MafabulousCook e a Mafalda


Cacofónico este título mas indicador do que vou falar.

A Vera Pereira Dias Pinheiro é a autora do blogue As Viagens dos Vs que teve início quando partiu rumo a Bruxelas com o seu filho Vicente e o marido Bruno Dias Pinheiro.

Agora, mãe do Vicente e da Laura viu o seu trabalho e o seu talento para a comunicação reconhecidos com o posicionamento do blogue entre os blogues de referência quando o assunto é maternidade e como este estado pode levar a que “cada mulher e família encontre uma oportunidade para ser a melhor versão de si mesmo”.

Com este objetivo tão ambicioso (quem é mãe ou pai sabe disso) a Vera tem estabelecido parcerias, tem escrito, tem publicado e tem feito o seu caminho de forma sólida nesta nova profissão: a de ser Bloguer.

E se há quem não entenda e ache que “agora é tudo profissão queres ver?” “passa o dia a receber presentes em casa e a ir ao cabeleireiro e trabalhar que é bom nicles”, há quem o faça e perceba que o mundo gira e muda não apenas nas estações do ano. É no seu todo e talvez daqui a uns dias ser bloguer já não dê vergonha aos pais e avós que gostariam de ver os seus filhos e netos numa sala de tribunal a exercer o Código Penal.

Adiante, e agora falando de mim. Eu tive a sorte de a conhecer através do Bruno Dias Pinheiro seu marido e meu amigo. Não sei bem porquê mas a Vera sempre acreditou em mim, sempre me desafiou, sempre insistiu, sempre viu coisas em mim que eu nunca sequer reparei. Foi ela minha gente, foi ela, que me atentou tanto até que eu criasse o blogue. A miúda dá-me dicas, chama-me a atenção e desafia-me a escrever conteúdos em parceria com ela. Enfim… eu acho que deve ser amor pois interesse não tem nenhum :D


Que grande volta que a vida deu para nos por frente a frente, e eu só tenho que agradecer e ser grata por tudo, até porque foi assim que nasceram uma série de artigos sobre assuntos de casa, dicas práticas para a gestão do dia-a-dia, com especial foco para a organização e planeamento da alimentação.

Podem ler:

Como Organizar as Refeições da Semana

Como organizar a despensa de casa: Lista de essenciais!

Ou ainda encontrar a Vera e as suas viagens no Facebook, no instagram e no blogue claro.
Fiquem atentos ao próximo artigo e todas as sugestões que tenham são bem-vindas.

Mafalda

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bodião no forno e a empreitada para deixar de comer peixe

O bodião é um peixe que se encontra facilmente na Madeira pois o seu habitat preferencial é  junto á costa em toda a orla rochosa, em locais com muitas algas e também dentro dos portos. A sua cor varia entre o vermelho e o castanho sendo que identifica se é fêmea ou macho, respetivamente.

A sua carne é muito branca e densa e é dos peixes que mais gosto. Tem um sabor muito próprio que me leva à minha herança gastronómica. Em qualquer restaurante de peixe há bodião. Normalmente é feito grelhado ou então em filetes fritos.

A minha opção de fazer no forno foi por ser mais rápido e também por gostar muito de peixe assado. E vá… porque queria testar esta receita :D
Pré-aquecer o forno a 200º.

Comecei por fazer o tempero do peixe:
Numa trituradora juntei:
-6 tomates secos
- 2 dentes de alho
- 1 pitada de sal
- uma mão cheia de mistura de especiarias
- duas mãos cheias de manjericão fresco
- azeite e vinagre
Tudo triturado até ficar uma pasta.

Coloquei os peixes num tabuleiro de ir ao forno …

Peitos de Frango com manteiga de amendoim

A receita é do grande Jamie Oliver, a execução é minha. E este post vai abordar várias temáticas. Aconselha-se uma cadeira confortável, um chá quente e muita paciência, mas vai valer a pena. Confiem 😃

Se calhar falo primeiro de como se faz e depois do resto. O que acham? Acho que ouvi um sim desse lado. Então aqui vai:

Pré-aquecer o forno a 190º na função grelhador.

Ingredientes:
- três peitos de frango
- um limão
- duas colheres de sopa de manteiga de amendoim
- um dente de alho
- malagueta a gosto
- água
- sal
- pimenta
-azeite

Preparação:

Comecei por golpear os peitos de frango e temperei com sal, pimenta, raspas de limão e azeite. Reservei.

Para o molho misturei duas colheres de sopa de manteiga de amendoim, com sumo de meio limão, um alho ralado e um pouco de água.

A água serve para deslaçar o molho que tem de ficar com uma consistência mais cremosa, diria tipo iogurte.
A receita dizia para usar uma frigideira que depois fosse ao forno. Como não tenho usei um tabuleiro de ir ao…

Picado ou Picadinho

É só escolher qual o nome que querem dar a este petisco típico da minha terra – a bela e formosa ilha da Madeira.
Curiosamente os pratos típicos da região, tirando a Espada e o Atum, são à base de carne. Não somos produtores mas é uma presença na nossa gastronomia. Exemplo disso é a Espetada a Carne de Vinho e Alhos, o Picado e os deliciosos grelhados (sobretudo de galinha, costeletas de porco e bifes).

O Picado é ideal para um jantar em família ou entre amigos. Numa travessa pequena, média ou grande, colocada no meio da mesa serve de mote para por a conversa em dia enquanto se “pica” à vontade. Os mais gulosos muitas vezes têm de levar com um “já chega” que isto é para todos. Hehehehe
A receita típica varia sendo que a mais consensual é colocar no molho sopa de rabo de boi. Eu não o faço por questões de gosto pessoal.

Como faço o meu picado:
- Carne de vaca da boa e tenra cortada aos cubos temperada com sal, alho e louro;
- Numa frigideira bem quente com um fio de azeite e fritar at…